Solidariedade

Projeto reforma casa de moradora que vivia em condições precárias, em Goiânia

O Mutirão do Bem foi criado por colaboradores de incorporadora. Há três anos eles reformam casas de pessoas carentes


Kayque Juliano
Do Mais Goiás | Em: 21/04/2018 às 16:06:42

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um projeto social criado por colaboradores da Terral Incopordora reformou a casa de uma avó que cuida de dois netos, no Setor Bela Goiânia, na capital. A entrega da casa reformada foi nesta sexta-feira (21). Além da nova casa, os colaboradores entregaram para a família uma TV e uma máquina de lavar.

O Mutirão do Bem  é um projeto social criado por engenheiros, mestres de obras, publicitário, contadores e atendentens que trabalham na incorporodora. Eles se uniram para levar a mesma sensação  de quem conquista um imóvel para quem não tem condições financeiras para isso.

A beneficiada pelo projeto neste ano foi a da Dona Maria Marli Silva de Souza, de 55 anos. Ela é avó de dois netos e cuida das crianças desde a morte de sua filha, que lutava contra um câncer. A casa era bem simples, não tinha reboco, muro, piso e nem forro, e a renda da senhora não era o suficiente para concluir a construção da casa.

As obras da reforma da casa começaram em fevereiro deste ano e foram realizadas as seguintes benfeitorias: implantação de novas instalações hidráulicas, o que inclui novo encanamento e caixa d’água; revestimento no banheiro; construção de uma área de serviço; construção de uma varanda; construção de muro; instalação de portão; instalação de piso em cerâmica em toda a casa; e outros itens. Para finalizar a obra, será feita a pintura.

Além dos dificuldades da estrutura da casa, a família também não tinha água encanada, não tinha chuveiro e nem energia elétrica. 

“Não oferecia condições sanitárias e estruturais mínimas para a família viver, ainda mais porque a mãe dos meninos estava lutando contra um câncer”, relembra Maurício José Alves, coordenador de suprimentos da Terral, um dos voluntários que participou da ação e fez a primeira visita à família beneficiada pelo Mutirão do Bem de 2018.


Mutirão do Bem

O projeto Mutirão doBem existe há três anos, desde 2015, e é formado por colaboradores da Terral Incorporadora. Juntos, eles encontram uma família carente para ter a sua casa reformada. Para a realização social, os colaboradores levatam recursos e parcerias. Neste ano, o custo total estimado foi de R$10 mil, arrecadado através de rifas, pamonhadas e bazares solidários.

“Desta forma, quase toda a empresa se envolveu com a participação desta ações de arrecadação. Também recebemos e encaminhamos muitas doações”, comenta outra voluntária, Andressa Santos.

A Terral Incorporadora, apoiadora do projeto, cedeu parte dos materiais e também está abonando um dia de trabalho para cada colaborador que deseja participar. Empresas parceiras da Terral também doaram itens de construção que estavam em excede.

“É só uma família, mas é uma família que estará acordando melhor, vivendo em condições mais dignas. É um pouquinho do esforço de cada um de nós que estará transformando a vida daquelas pessoas e proporcionar isto é muito gratificante”, diz Maurício Alves.

A escolha das famílias
A escolha da família a ser beneficiada é feita da seguinte maneira:  todos os colaboradores da empresa indicam famílias carentes; após isso, em conjunto, é realizada uma análise do perfil dessas famílias, o que inclui visita in loco; depois o Comitê de Ação voluntária da Terral se reúne e define a família que será atendida.

Como era a casa antes da reforma.
(Foto: Divulgação)

Após a reforma
(Foto: Divulgação)