Do Mais Goiás

Programa garante R$ 200 mi para recuperação de asfalto em 100 municípios goianos

Goinfra irá promover recapeamento asfáltico, drenagem e sinalização vertical e horizontal de malha viária urbana

Goinfra atua na reconstrução, implantação ou duplicação de 18 rodovias goianas
Asfalto em Goiás (Foto: Goinfra)

O governo estadual deve fazer investimentos na ordem de R$ 200 milhões na recuperação de asfalto, através do programa Goiás em Movimento – Eixo Municípios, da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra). Na primeira etapa, 100 municípios goianos serão contemplados, onde foram identificados os casos de maior gravidade, segundo a equipe de planejamento da agência e com base em dados do Instituto Mauro Borges (IMB).

Com o convênio firmado, a Goinfra irá promover recapeamento asfáltico, drenagem e sinalização vertical e horizontal de malha viária urbana em pontos definidos por cada prefeitura. Dentre as 100 cidades da primeira etapa do programa, há representantes de todas as regiões do Estado. Elas foram divididas em lotes de 10 em 10 municípios, para atender com rapidez as demandas de cada grupo.

A expectativa do governo estadual é que, em até 90 dias, o pacote de obras seja licitado e as máquinas comecem a chegar às cidades contempladas já no próximo semestre.

Vulnerabilidade

Segundo levantamento do governo, a vulnerabilidade dos municípios, sob o ponto de vista fiscal, somada aos custos elevados dos serviços rodoviários, levaram à depreciação das vias urbanas ao longo dos anos. Essa situação se agravou com a pandemia da Covid-19, quando as gestões municipais tiveram de forçar aporte na saúde.

“Chegou a hora de o Estado, que tem inteligência para operar o segmento rodoviário, socorrer os municípios e investir recursos para recuperar as condições de trafegabilidade na malha urbana das cidades”, explicou o presidente da Goinfra, Pedro Sales. “Esta é a etapa piloto do programa, com 100 municípios contemplados em todas as regiões do Estado. A partir daí, vamos aperfeiçoar nosso trabalho e atender a todos os 246 municípios goianos”, projetou.