Manifestação

Professores são feridos a pauladas durante protesto no Paço Municipal

Em nota, a Guarda Civil Metropolitana informa que vai apurar o abuso de alguns agentes no confronto com os professores.





//

Professores da rede municipal de ensino entraram em confronto com a Guarda Civil Metropolitana dentro do Paço Municipal, na manhã desta quinta-feira (23/04).

Representantes do Sindicato Servidores da Educação do Município de Goiânia (Simsed) alegam que a agressão começou quando os professores tentaram fazer uma caminhada dentro dos corredores da prefeitura, depois de decidirem manter a paralisação.

Os guardas tentaram impedir a manifestação e os professores afirmam que foram reprimidos com socos, chutes e até golpes de cassetete.

O comando da GCM informou que os manifestantes tentaram invadir a Secretaria de Finanças, que fica dentro do Paço Municipal, e que foi pedido a eles para permanecerem na área externa do prédio. Diante da tentativa de entrar no prédio, foi necessário fazer uso da força para manter a ordem no local. O comando ainda informou que vai apurar o abuso de alguns agentes no confronto com os professores.

Logo após a confusão, o prefeito Paulo Garcia (PT) usou as redes sociais comentar o ocorrido.