Cidades

Professor é morto por aluno dentro de escola em Valparaíso

Crime foi motivado por uma discussão entre os dois. Suspeito, menor de idade, está foragido


Artur Dias

Do Mais Goiás | Em: 30/04/2019 às 16:43:23


O professor Júlio César Barroso de Sousa foi morto com três tiros (Foto: Reprodução/Facebook)
O professor Júlio César Barroso de Sousa foi morto com três tiros (Foto: Reprodução/Facebook)

Um professor foi morto a tiros na tarde desta terça-feira (30) no Colégio Estadual Céu Azul, no município de Valparaíso, no entorno do Distrito Federal. O suspeito, de acordo com a Polícia Civil (PC), foi um aluno que teria discutido com ele durante a aula.

A PC informou que o crime aconteceu por volta das 15 horas. A vítima foi identificada como Júlio César Barroso de Sousa, de 41 anos. Além de professor, ele também era coordenador da instituição. O SAMU e o Corpo de Bombeiros chegaram a ser acionados, mas ele não resistiu.

De acordo com um estudante que não quis se identificar, o motivo da briga entre os dois foi a expulsão do suspeito. “Ele era aluno e foi expulso do colégio. Ele chegou a ameaçar o professor antes de matá-lo”, disse.

Outra aluna disse que os presentes ficaram assustados porque, no momento do crime, muitas pessoas transitavam pelo colégio. “Todo mundo começou a correr e tentar se esconder. Não sabíamos se ele iria atirar em mais alguém. Foi um momento muito tenso e triste”, afirmou.

Uma professora, que também não se identificou, disse estar com muito medo e deu mais detalhes do fato. “Eu não tenho coragem de sair daqui agora. Sei que no primeiro horário esse aluno ameaçou uma professora e por isso foi retirado de sala. O professor, que também é coordenador, resolveu expulsar o menino devido à gravidade das ameaças e disse que se ele voltasse, chamaria a polícia. Então ele foi para casa e depois voltou”, lamenta a servidora.

Testemunhas informaram à polícia que o suspeito, menor de idade, foi até a sala dos professores, efetuou três disparos e fugiu. Ele já foi identificado, mas está foragido.

*Com informações de Correio Braziliense

*Atualizada Às 17h06

**Atualizada às 18h59