Da Redação
Do Mais Goiás

Produtos de carnaval apresentam variação de até 349% nos preços, em Goiânia

Procon irá realizar uma operação para fiscalizar estabelecimentos comerciais. Órgão também ofereceu uma série de dicas para os consumidores

Produtos de carnaval apresentam variação de até 349% nos preços, em Goiânia
Produtos de carnaval apresentam variação de até 349% nos preços, em Goiânia

Uma pesquisa realizada pelo Procon da capital mostrou que a variação de preços de produtos de carnaval neste ano podem variar entre 7% e 349%. Foram pesquisados 28 itens, entre acessórios e fantasias, em seis estabelecimentos, entre os dias 5 e 11 de fevereiro.

O item que apresentou maior variação preço foi a ombreira de fita, cujo percentual foi de 349,43%. Os preços variaram R$ 8,90 e R$ 40. Em seguida vieram os confetes (300%), fantasia infantil de princesa (271,96%), fantasia infantil do Homem Aranha (250%) e diadema de flor (218,84%).

Já o produto que menos variou na pesquisa foi o spray espuma, que apresentou um percentual de (7,5%) e preços entre R$ 12 e R$ 12,90. Também variaram pouco a diadema iluminada de diabinha (12,35%), saia de tule e glitter de 10g (40%), seguidos peça de fantasia infantil de pirata (43,17%).

Para ter acesso à pesquisa na íntegra, clique aqui.

Operação Carnaval

O órgão anunciou também que irá realizar nesta semana uma fiscalização em diversos pontos da capital. O objetivo é verificar se os locais possuem documentação necessária para o funcionamento. Além disso, será verificado se eles cumprem as determinações estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Os fiscais checam também a data de validade e a origem dos produtos vendidos e se os estabelecimentos fornecem o telefone e o endereço do Procon. São verificados ainda se os preços estão visíveis, se o troco é devolvido de forma correta e se o local possui um CDC para consulta.

Dicas para quem vai curtir

Além da pesquisa, o órgão apresentou também uma série de dicas para evitar as famosas ciladas na hora de cair na folia. As orientações vão desde compra de produtos até reserva de pacotes de viagens e abadás.

Além de exigir e guardar a nota fiscal de tudo o que for adquirido e de verificar a validade dos produtos consumidos, o órgão sugere que, em caso de compra de ingressos para eventos, verificar se o bilhete possui informações de local, horário e data do evento. É preciso verificar se elas batem com as que foram solicitadas no momento da compra e se foram as mesmas anunciadas.

Para abadás e blocos carnavalescos, a dica é conferir se nos preços estão inclusas bebidas, comidas e petiscos. Além disso, é importante conferir se há também algum tipo de seguro para casos de assistência médica, imprevistos ou emergências.

O Procon orientou ainda os consumidores a tomarem cuidado com os pacotes de turismo ou de passeio. Nesses casos, leia atentamente o contrato e condições de cancelamento, guarde uma via do contrato datada e assinada e todos os anúncios e folhetos publicitários que foram publicados. É importante verificar também quais serviços estão inclusos e quais exigem taxas extras.