METADE DO DOBRO

Procon-GO autua 12 empresas por irregularidades na Semana Brasil

Ao todo foram fiscalizados 102 estabelecimentos. Multas variam entre R$ 650 e R$ 9 milhões


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 16/09/2020 às 09:18:55

(Foto: Divulgação/Procon)
(Foto: Divulgação/Procon)

O Procon-GO autuou 11 sites e uma loja física por cometerem irregularidades durante a Semana Brasil, programa criado pelo governo federal para celebrar a retomada da economia e dos empregos e que se encerrou no último 13/9.As empresas foram multadas em valores que variam de R$ 650 a R$ 9 milhões, a depender do tamanho do estabelecimento, natureza da infração e se há reincidência.

De acordo com o órgão, foram constatadas diversas irregularidades. A mais comum é a propaganda enganosa, quando a empresa divulga uma promoção mas os valores continuam iguais ou até superiores ao período anterior da semana. Ao todo foram fiscalizados 102 estabelecimentos.

Para identificar as irregularidades, o Procon-Go realizou uma pesquisa e divulgou planilhas com preços de 2.207 produtos de 82 estabelecimentos. O órgão verificou também 20 sites e 23.396 produtos, para auxiliar as pessoas que desejavam fazer compras pela internet.

O superintendente do Procon-GO, Allen Vianna, afirmou que o órgão continuará a receber denúncias de consumidores, mesmo com o encerramento da Semana Brasil. As denúncias podem ser feitas através do Disque Denúncia (151), pelo telefone (62) 3201-7124 ou pelo portal Procon Web (proconweb.ssp.go.gov.br).

Semana Brasil

A iniciativa da Semana Brasil aconteceu entre os dias 3 e 13 de setembro e contou com a participação de 83 associações varejistas. O tema deste ano foi “Vamos em frente, com cuidado e confiança”. O presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), José Roberto Tadros, acredita que o evento representou a oportunidade de “demonstrar a representatividade institucional do Sistema de Comércio regional aos empresários”.