GOxFLA

Procon fiscaliza reembolso de ingressos da partida Goiás x Flamengo

Torcedores que não conseguiram entrar no Estádio Serra Dourada podem procurar o Goiás Esporte Clube para reembolso dos ingressos


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 05/11/2019 às 17:24:31

Santos enfrenta o Goiás com chance de cravar ida à Libertadores (Foto: Reprodução)
Santos enfrenta o Goiás com chance de cravar ida à Libertadores (Foto: Reprodução)

O Procon Goiás vai acompanhar o reembolso dos torcedores que não conseguiram entrar no Estádio Serra Dourada no jogo entre Goiás e Flamengo no dia 31 de outubro. Segundo Wellington Bessa, superintendente do órgão em Goiás, diversas pessoas compraram ingresso para a partida mas não conseguiram assistir ao jogo.

“O Goiás Esporte Clube alegou que a devolução já está sendo feita e que estão recebendo novos pedidos de ressarcimento, que devem ser analisados para constatar se o torcedor foi realmente lesado. Vamos fazer a fiscalização de todo o processo”, diz Bessa.

De acordo com o superintendente, foram dois os motivos que impediram alguns torcedores de entrarem no Serra Dourada. “Algumas pessoas que não compraram os ingressos antecipadamente, estavam na porta do Serra Dourada tentando comprar de outros, atrapalhando quem chegava no local. Além disso, alguns torcedores do Flamengo estavam tentando entrar no estádio pelo lado do Goiás, utilizando ingresso da torcida visitante. Em um princípio de tumulto, a Polícia Militar (PM) fechou os portões para evitar acidentes”, afirma.

De acordo com a assessoria do Goiás Esporte Clube, apenas uma pessoa registou formalmente a reclamação pedindo o reembolso do valor: o torcedor Tarcísio Meira Floriano da Silva, de 47 anos. Em conversa com o Mais Goiás, Tarcísio diz que no dia foi até a cabine de vendas de ingressos, mas a PM tinha feito um cerco no local.

Procon fiscaliza reembolso de ingressos da partida Goiás x Flamengo

Representantes do Procon e do Goiás discutem as medidas adotadas pelo clube para reembolsar torcedores que não conseguiram entrar no Serra Dourada (Foto: Divulgação)

“Os próprios policiais falaram que não ia entrar mais ninguém e que, quem não entrou, poderia procurar o Goiás Esporte Clube para a devolução do dinheiro. Entrei em contato com o Clube e fui mal atendido, não explicaram nada. Então procurei o Procon. É tanta dificuldade para pegar o que é direito meu, agora que o clube foi informar como solicitar ressarcimento”, diz o torcedor.

Por meio de nota, o Goiás Esporte Clube anunciou que irá promover o ressarcimento aos torcedores que se sentiram prejudicados”. E que para ter direito ao ressarcimento o torcedor “deverá procurar o Departamento Jurídico do Clube, localizado na sede da agremiação, na avenida Edmundo Pinheiro de Abreu, número 721, Setor Bela Vista, de segunda a sexta-feira, em horário comercial”.

O clube conclui e informa que, para ter direito ao ressarcimento, “é necessário abrir um processo de averiguação, portando o ingresso oficial, não picotado, e apresentando a justificativa. Lembrando que gratuidade e cortesia não serão reembolsadas”. Depois de todo o processo, o clube tem até cinco dias úteis para analisar cada caso.