Jessica Santos
Do Mais Goiás

Procon aponta variação de até 131% no preço da carne bovina em Goiânia

Maior diferença encontrada na carne bovina refere-se ao quilo do coxão duro, que chegou a ser visto por R$ 36,98

Procon-GO autua 12 empresas por irregularidades na Semana Brasil
Procon-GO autua 12 empresas por irregularidades na Semana Brasil

Variação de até 131,21% no preço da carne bovina em Goiânia. É o que aponta pesquisa realizada pelo Procon Municipal. Ao todo, 12 açougues e supermercados foram visitados. Maior diferença encontrada na carne bovina refere-se ao quilo do coxão duro, que chegou a ser visto por R$ 36,98. Suínos e aves também foram alvo do levantamento e apresentaram variação de 155,26% e 171,72%, respectivamente.

Conforme demonstra a pesquisa, o preço do quilo do coxão duro foi o que mais apresentou diferença. O menor valor encontrado foi de R$ 15,99, enquanto o maior registro foi de R$ 36,98, variação de 131,21%. De igual modo, o levantamento encontrou o corte patinho por R$ 16,99 em um estabelecimento e R$ 38,90 em outro, o que corresponde a uma diferença de 128,96%.

Na carne de frango a discrepância do preço é ainda mais atenuante. Para se ter ideia, o kg da coxinha foi encontrado por R$ 9,90 em um local e R$ 26,90 em outro estabelecimento, representando variação de até 171,72%.

Ainda segundo o levantamento, a carne de suína também possui diferença considerável e acima de 100%. O menor valor encontrado corresponde a 9,79, o kg. Enquanto isso, o maior preço encontrado foi de R$ 24,99.

Menores variações

Apesar das grandes diferenças, o estudo também apontou carnes com baixa variação. Entre elas estão acém, picanha, costela bovina, frango inteiro e alcatra. O acém obteve uma variação inferior a 40,20%, com preço mínimo e máximo de R$ 19,90 e R$ 27,90, respectivamente.

A alcatra, por sua vez, foi encontrada de R$ 24,90 a R$ 42,90, diferença de 72,29%. A variação da costela bovina 58,99%, com preço R$ 14,90 e R$ 23,69. Já o frango congelado foi de 66,78%, sendo o menor valor R$ 5,99 e o maior R$ 9,99.

O Procon Goiânia orienta que o consumidor faça pesquisa antes da compra e que fique atento a eventuais promoções oferecidas pelos supermercados e açougues.