Planos de saúde

Procon alerta para suspensão da venda de 70 planos de saúde

A suspensão das vendas não afeta o atendimento aos atuais usuários desses planos de saúde, mas impede a inclusão de novos clientes




O Procon alerta que começou a valer a partir desta quinta-feira (19/02) suspensão da venda de 70 planos de saúde.  A medida da  Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) , vale por três meses, e atinge planos de saúde administrados por 11 operadoras. A decisão foi motivada por queixas de natureza assistencial, como o descumprimento de prazos e negativas indevidas de cobertura. A suspensão das vendas não afeta o atendimento aos atuais usuários desses planos de saúde, mas impede a inclusão de novos clientes, como forma de prevenir e melhorar a prestação dos serviços.

Neste décimo segundo ciclo do programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, a medida protege aproximadamente 580 mil beneficiários. Há hoje no País 50,8 milhões de consumidores com planos de assistência médica e 21,4 milhões com planos exclusivamente odontológicos. Paralelamente, a ANS está permitindo a reativação de 43 planos de saúde  que estavam com a comercialização suspensa. Desde o início do programa de monitoramento, em 2011, 1.043 planos de 143 operadoras já tiveram as vendas suspensas. Outros 890 planos voltaram ao mercado após comprovar melhorias no atendimento.

O consumidor que constatar qualquer irregularidade ou necessitar de esclarecimentos sobre o assunto pode entrar em contato com o Procon Goiás por meio do disque denúncia 151 ou (62) 3201-7100 e também na sede do órgão, na Rua 8 nº 242, Setor Central, em Goiânia. Outro canal de atendimento é o Procon Virtual: www.webprocon.com.br/goias.