PRF apreende mais de 100 mil remédios controlados sem nota fiscal na BR-060

Remédios estavam sem a embalagem original e sem bula

PRF apreende mais de 100 mil remédios controlados sem nota fiscal, em Anápolis - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 107.835 comprimidos de medicamentos de uso controlado sem nota fiscal na manhã desta terça-feira (22).
PRF apreende mais de 100 mil remédios controlados sem nota fiscal, em Anápolis (Foto: Reprodução/PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 107.835 comprimidos de medicamentos de uso controlado sem nota fiscal na manhã desta terça-feira (22). Os remédios, em sua maioria de uso psiquiátrico, eram transportados em um ônibus que foi abordado na unidade da PRF na BR-060, em Anápolis a 59,3 quilômetros de Goiânia.

Os policiais pararam um ônibus que saiu de Porto Seguro, na Bahia, e seguia até Anápolis. No bagageiro, os agentes encontraram 11 caixas de papelão com 107.835 comprimidos enviados por encomenda sem a devida documentação fiscal, fora da embalagem original e sem bula. Segundo as informações da embalagem, os remédios tinham como remetente e destinatários a mesma pessoa.

Foram apreendidos 87.680 comprimidos de Fenobarbital (utilizado para prevenir o aparecimento de convulsões); 8.400 comprimidos de Diazepam (ansiolítico); 5.805 comprimidos de Cloridrato de paroxetina (ansiolítico e antidepressivo); 4.000 comprimidos de Uni-carbamaz (anticonvulsivo) e 1.950 comprimidos de Carbamazepina (utilizado em tratamentos de distúrbio afetivo bipolar e outros transtornos psicológicos).

Toda a mercadoria foi colocada à disposição da Vigilância Sanitária para a destinação devida. Já o remetente foi qualificado em documento que será encaminhado à Polícia Judiciária de Anápolis para a investigação da origem da carga.

*Com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Força-tarefa interdita clínica de reabilitação e resgata internos em Anápolis; leia.