Rebelião

Presos tentam fugir da Unidade Prisional de Goiatuba durante a madrugada

Foi solicitado o apoio da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil para controlar o tumulto


Juliana França
Do Mais Goiás | Em: 24/12/2018 às 13:25:30

Unidade Prisional de Goiatuba. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Unidade Prisional de Goiatuba. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Os presos da Unidade Prisional de Goiatuba tentaram fugir durante a madrugada desta segunda-feira (24). Foi solicitado o apoio da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil para controlar o tumulto, que ocorreu por volta das 2h.

Segundo informações da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), um homem identificado como Fernando Araújo foi flagrado pelos agentes de plantão tentando arremessar drogas e celulares para dentro do presídio. Após o flagrante, os presos se rebelaram, quebraram os cadeados e tentaram invadir as celas da Ala do Seguro.

A DGAP informou ainda que os presos queimaram colchões e que a intervenção dos agentes penitenciários com disparos não foi suficiente para conter os detentos. Quatro detentos foram atingidos por munições e encaminhados para a unidade de saúde para atendimento. Segundo a DGAP, eles já retornaram para a unidade prisional.

Com a chegada do Grupo de Intervenção Tática (GIT) da Regional Caldas Novas foi possível controlar o tumulto e os presos foram levados para o pátio do banho de sol. A DGAP determinou a imediata transferência de 15 presos, identificados pelos serviços de inteligência como as lideranças negativas que causaram o tumulto.

Fernando Araújo foi preso e levado para a delegacia da cidade. Foi determinada também abertura de sindicância para apuração dos fatos.