DETIDO

Preso suspeito de sacar mais de R$ 6 mil de FGTS de terceiros em Anápolis

O homem disse que tinha ajuda de um comparsa, responsável por passar as senhas de acesso e o CPF das vítimas para o saque do dinheiro


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 29/11/2020 às 09:49:43

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A Polícia Militar (PM) prendeu na noite da última quinta-feira (26) um homem suspeito de sacar mais de R$ 6 mil do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) usando dados de terceiros. O caso aconteceu em Anápolis, município a 55 quilômetros de Goiânia.

De acordo com a PM, ao ser abordado no banco, o suspeito tentou jogar fora o cartão que estava utilizando. Contudo, mais tarde confessou aos militares que estava sacando o benefício de outras pessoas.

Segundo o major da PM, Leonardo Bernardes, o homem deixou o sistema que estava usando no caixa eletrônico aberto. “Constatamos se tratar de um golpe contra o FGTS, ou seja, aquela pessoa estava sacando indevidamente em nome de terceiro valores que não lhe eram afetos”, disse.

Na casa do suspeito, a corporação encontrou R$ 6,6 mil, que teriam sido sacados anteriormente. Para a PM, o homem disse que tinha ajuda de um comparsa, responsável por passar as senhas de acesso e o CPF das vítimas para o saque do dinheiro. O indivíduo foi encaminhado para a delegacia.

Por meio de nota, a Caixa Econômica Federal afirmou que realiza de forma estratégica o monitoramento e identificação de casos suspeitos. O banco também informou que está em contato com autoridades prestando colaboração com os órgãos de segurança.

“Eventuais contestações de saques podem ser formalizadas pelo beneficiário diretamente em qualquer agência da Caixa. Para os casos em que houver comprovação de saque fraudulento, o beneficiário será devidamente ressarcido”, lê-se na nota.

*Com informações do G1