Cidades

Preso suspeito de entregar drogas no sistema delivery, em Goiânia

Rhyoni Carmo Dorneles confessou para os militares do Giro que faturava até R$ 6 mil por semana com o tráfico de cocaína


Joao Paulo Alexandre

Do Mais Goiás | Em: 25/04/2019 às 14:46:00


Drogas eram vendidas no sistema delivery, em Goiânia (Foto: Divulgação/PM)
Drogas eram vendidas no sistema delivery, em Goiânia (Foto: Divulgação/PM)

Um homem, de 31 anos, foi preso suspeito de manter um serviço de entrega de drogas no sistema delivery, em Goiânia. A prisão foi no início da tarde desta quinta-feira (25). No apartamento em que ele morava, no Bairro São Francisco, militares do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro) apreenderam várias balanças de precisão e dezenas de porções de cocaína. No total são 2,5 quilos da droga.

Rhyoni Carmo Dorneles foi abordado por uma equipe do Giro no momento em que estava dentro de um veículo Honda City estacionado em frente a um Shopping Center na Avenida Anhanguera, no Bairro Aeroviário. Dentro do carro, os militares encontraram dois envelopes com 20 porções de cocaína.

Além de confessar que aguardava a chegada de um usuário que havia encomendado a droga, Rhyoni levou os policiais até o apartamento, onde tinha guardado, além de cinco balanças de precisão, mais cocaína separada em porções para venda. Eletrodomésticos usados no refino da droga também foram encontrados.

Segundo os policiais, ele contou que tinha três entregadores e que faturava, em média, R$ 6 mil por semana com o tráfico.Rhyoni foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

“Ele confessou para nós que há mais ou menos um ano, desde que saiu de uma empresa de telefonia, onde trabalhava, se dedica à venda de cocaína, contou que encomenda a droga junto a um grande traficante de São Paulo, e que trabalhava no serviço delivery, só vendendo para pessoas que conhecia e confiava”, relatou o tenente Bruno Portela, do Giro.