Aulus Rincon
Do Mais Goiás

Preso suspeito de assassinar o amigo no mês passado em Goiânia

Segundo a polícia, Raniel foi morto por estar se relacionando com uma ex namorada de Rogério

Carro envolvido no episódio (Foto: Polícia Civil)
Carro envolvido no episódio (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil prendeu temporariamente nesta terça-feira (6), Rogério Gonçalves de Paula, de 37, que é suspeito de ter assassinado Raniel da Silva Siqueira, de 31 anos, no mês passado, no Jardim Novo Mundo, em Goiânia. De acordo com as investigações, a vítima já havia sido ameaçada anteriormente, e foi morto porque estava se relacionando com uma ex companheira do autor dos disparos.

Raniel Siqueira foi baleado no último dia 21 de março quando estava sozinho em seu veículo. Com o depoimento de familiares e testemunhas, a polícia chegou ao nome de Rogério Gonçalves, que se apresentou de forma espontânea dias depois da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), e durante depoimento disse apenas que não havia praticado o crime. Como já estava fora do período do flagrante, ele foi liberado.

“Ao ser preso ontem ele permaneceu calado, e disse que só irá se pronunciar em juízo, mas nós já temos o reconhecimento de testemunhas que presenciaram o crime, e também o depoimento de parentes do Raniel, que afirmaram estava ele sendo ameaçado pelo então amigo há mais de duas semanas”, descreveu a delegada Caroline Mattos, adjunta da DIH.

Nos próximos 30 dias, a delegada decidirá se solicitará, ou não, a transformação da prisão do suspeito em preventiva. A reportagem do Mais Goiás não conseguiu contato com a defesa de Rogério Gonçalves, mas o espaço está aberto, caso queira se pronunciar.

Raniel da Silva Siqueira, de 31 anos: vítima de assassinato (Foto: Arquivo pessoal)

Raniel da Silva Siqueira, de 31 anos: vítima de assassinato (Foto: Arquivo pessoal)