Cidades

Preso suspeito de agredir esposa e filha, de um ano, em Anápolis

A jovem de 18 anos foi encontrada com vários hematomas pelo corpo, uma das mãos quebradas, além da pele das pernas necrosada


Kayque Juliano

Do Mais Goiás | Em: 20/03/2019 às 18:08:20


(Foto: Reprodução/ Polícia Civil)
(Foto: Reprodução/ Polícia Civil)

Policiais da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Anápolis cumpriram, nesta terça-feira (19), o mandado de prisão preventiva de Washington Costa Ribeiro, 30 anos. Ele foi preso em flagrante no último dia 11 de março acusado de torturar a esposa e a filha, de um ano de idade.

De acordo com a delegada Marisleide Santos, titular da Deam de Anápolis, após a prisão de Washington, foi solicitada a prisão preventiva que foi acatada pelo judiciário. O inquérito foi concluído e encaminhado ao Poder Judiciário.

Crime

No dia 11 de março, a Polícia Militar (PM) foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica, no Setor São João. Lá, os policiais encontraram uma jovem de 18 anos com vários hematomas pelo corpo, uma das mãos quebradas, além da pele das pernas necrosada. Segundo a corporação, o autor fazia rituais de magia negra. “No inquérito não foi confirmado que ele realizava magia negra. Contudo, foram encontrados materiais dos rituais na residência”, explica a delegada Marisleide Santos.

(Foto: Divulgação / PM)

(Foto: Divulgação / PM)

Na delegacia, a vítima relatou que as agressões eram recorrentes, mas que, da última vez foi ameaçada de morte pelo esposo. A jovem foi levada para o Hospital Municipal Jamel Cecílio, no município, onde passou por procedimento cirúrgico. Ela ainda está hospitalizada, em tratamento médico. Além da mulher, o homem também agrediu a filha do casal, uma menina de um ano.

No dia da prisão, o homem foi até o hospital e se passou por irmão da vítima. Ele foi preso pelos policiais nas proximidades da unidade de saúde.