Do Mais Goiás

Polícia prende suspeito de sonegar R$ 45 milhões em impostos em Goiás

Pai, dois filhos e primo são suspeitos de compor o grupo que é suspeito de atuar por meio de supermercados

Família é investigada por lavarem cerca de R$ 25 milhões em supermercados
Família é investigada por lavarem cerca de R$ 25 milhões em supermercados (Foto: Divulgação/PRF/PC)

Uma operação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem, nesta quinta-feira (8), suspeito de sonegação de impostos em estabelecimentos comerciais, galpões e casas de Goiânia, região metropolitana e cidades do interior do estado. Crime já teria causado prejuízo de cerca de R$ 20 milhões. Ele também é suspeito de comandar familiares, dois filhos e um primo, em casos de lavagem de dinheiro que, segundo investigações, teriam gerado outros R$ 25 milhões em prejuízos aos cofres públicos.

O detido é proprietário de três supermercados investigados. Ao todo, a Polícia Civil cumpriu 12 Mandados de Busca e Apreensão em estabelecimentos comerciais, galpões e residências.

Durante as buscas foram apreendidas grandes quantias em dinheiro, carros, caminhonetes, armas de fogo, inclusive de uso restrito. Além disso, alguns dos produtos apreendidos, como pacotes de arroz e feijão podem ter sido adquiridos por meio de roubos de cargas.

 

 

Família é investigada por lavarem cerca de R$ 25 milhões em supermercados

Família é investigada por lavarem cerca de R$ 25 milhões em supermercados (Foto: Divulgação/PRF/PC)

O prejuízo causado pela organização criminosa gira em torno de R$ 45 milhões. Não obstante, a investigação já constatou um valor de R$ 20 milhões de reais somente referentes a sonegação fiscal deste ano.

Os supermercados suspeitos de vender produtos adquiridos com roubo de cargas tiveram suas atividades suspensas pelos agentes.

Família é investigada por lavarem cerca de R$ 25 milhões em supermercados

Família é investigada por lavarem cerca de R$ 25 milhões em supermercados (Foto: Divulgação/PRF/PC)