Violência

Preso pedreiro suspeito de cometer ao menos sete estupros

O número de vítimas, no entanto, pode ser muito maior, supõem as autoridades policiais.





//

As polícias Civil e Militar apresentam nessa manhã, na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Goiânia, um pedreiro de 32 anos que teria confessado a autoria de sete estupros. O número de vítimas, no entanto, pode ser muito maior, supõem as autoridades policiais.

De acordo com a Polícia Militar , o suspeito utilizava uma motocicleta de cor laranja e dois capacetes, um vermelho e um rosa, em suas ações.

Casado e pai de três filhos, o pedreiro foi preso pela Polícia Militar por roubo e porte ilegal de arma.

Tópicos