Barbárie

Preso no DF suspeito de matar colega com tiros e marteladas em Anápolis

Eles trabalhavam juntos em um estabelecimento que vende espetinhos. Suposto autor fugiu para o Distrito Federal depois do homicídio

Cidades

Rafael Oliveira
Do Mais Goiás | Em: 30/09/2019 às 10:49:42

Autor confesso dos disparos e marteladas contra um colega de trabalho fugiu após o crime e foi preso no DF (Foto: Reprodução/Facebook)
Autor confesso dos disparos e marteladas contra um colega de trabalho fugiu após o crime e foi preso no DF (Foto: Reprodução/Facebook)

Patrick Paes Gonçalves, de 24 anos, e Washington Oliveira da Silva, de 30 anos, trabalhavam juntos em um estabelecimento comercial que vende churrasquinhos na Avenida Mato Grosso, no bairro Jundiaí, área nobre de Anápolis (GO). Os funcionários se desentenderam ao longo da semana da última sexta (27), motivo pelo qual, no mencionado dia, Patrick teria desferiu golpes de martelo contra Washington e concluiu o homicídio com tiros de arma de fogo. O caso ocorreu no interior da lanchonete, onde o homem morreu sem atendimento médico.

Depois do crime, Patrick fugiu para o Distrito Federal, mas foi preso pela Polícia Militar e apresentado na Delegacia de Sobradinho no domingo (29). O autor será encaminhado para a Delegacia de Investigação de Homicídios de Anápolis em breve. O motivo do desentendimento é apurado pela polícia anapolina.

Com a identificação do autor do crime pela polícia de Anápolis, as autoridades identificaram possíveis endereços onde ele poderia se esconder e equipes de Goiás e Distrito Federal se reuniram para encontrá-lo. Uma equipe da GTOP da PM-DF o prendeu em flagrante em Sobradinho (DF), locam em que o autor ainda mantinha posse do veículo utilizado na fuga. Ao ser capturado, o autor confessou o homicídio na Delegacia de Sobradinho.

A arma do crime, de fabricação caseira, foi localizada às margens da BR-153 pelas equipes da Polícia Civil de Anápolis, após ele indicar o local à polícia brasiliense e as delegacias trocarem informações.