Operação Tractamus

Preso ex-prefeito que denunciou esquema de corrupção em Araguapaz

O político é um dos alvos da Operação Tractamus, que investiga corrupção, associação criminosa e falsidade ideológica de políticos na cidade e prendeu seis pessoas

Política

Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 18/09/2019 às 10:40:46

O ex-prefeito de Araguapaz, José Segundo Rezende Júnior, que denunciou esquema de corrupção de vereadores no município, foi preso nesta terça-feira (17). (Foto: divulgação/Facebook Prefeitura de Araguapaz)
O ex-prefeito de Araguapaz, José Segundo Rezende Júnior, que denunciou esquema de corrupção de vereadores no município, foi preso nesta terça-feira (17). (Foto: divulgação/Facebook Prefeitura de Araguapaz)

O ex-prefeito de Araguapaz, José Segundo Rezende Júnior, que denunciou esquema de corrupção de vereadores no município, foi preso na noite desta terça-feira (17). O político é um dos alvos da Operação Tractamus, que investiga corrupção, associação criminosa e falsidade ideológica de políticos na cidade e prendeu seis pessoas.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Clebyo Januário, o ex-prefeito afirma que estava sendo extorquido pelos vereadores para que eles não cassassem o mandato da esposa dele, a ex-prefeita da cidade Márcia Bernadino de Souza Rezende, que foi afastada do cargo em agosto.

As investigações apontaram que José Segundo e os vereadores se reuniam para solicitação de vantagem indevida e promessa de vantagem. As reuniões aconteciam em Araguapaz e Goiânia e cada vereador recebia em torno de R$ 60 mil.

Nesta terça-feira (17), a operação também resultou na prisão dos vereadores Pedro da Silva Souza (DEM), que já foi preso por receptação; Frederico Antônio Monteiro (PHS); Egnaldo José de Carvalho (PSDB); Derci Francisco Pereira (PSDB) e Fábio Divino Cardoso (DEM). Também foi detido o secretário da Prefeitura, Paulo Sérgio Ferreira Nunes.