Do Mais Goiás

Presa que filmou execução de vítima faz motim e tenta matar agente em Manaus

Presa rendeu agente penitenciária no Centro de Detenção Provisória.

Duas internas do Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), localizado na BR 174, em Manaus, fizeram motim na tarde do último sábado (2/08).

Segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), o tumulto começou quando a detenta Luciana Ferreira da Silva, de 34 anos, rendeu uma agente penitenciária e tentou matá-la. Luciana foi presa por suspeita de homicídios. Em um dos crimes, ela filmou a execução de um homem no dia 9 de julho.

Em entrevista ao portal G1, o secretário da Sejus, coronel Louismar Bonates, disse que Luciana aproveitou um momento de distração da agente e tomou um martelo usado pela segurança. Luciana teve a ajuda de uma outra interna. As duas presas foram encaminhadas ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

(Foto: via WhatsApp)O secretário informou ainda que as duas presas envolvidas no motim estavam no pavilhão 2 da unidade com outras seis mulheres. A ação das infratoras causou tumulto entre internas de outros dois pavilhões.

De acordo com a PM, viaturas do Batalhão de Choque, Força Tática e da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) foram deslocadas para o local e deram um fim ao motim.