Muita água

Prefeitura monta força-tarefa para reparar estragos causados pela chuva

De acordo com a prefeitura, setores que receberam reparos são Vila Redenção, Jardim América, Vila Aurora, Parque Amazônia, Setor Coimbra, Vila Roriz, São José, além da intensificação nas avenidas T-2, T-9, Marginal Cascavel, Marginal Botafogo e Nazareno Roriz


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 11/01/2021 às 12:58:41

Prefeitura monta força-tarefa para reparar os estragos da chuva (Foto: Secom)
Prefeitura monta força-tarefa para reparar os estragos da chuva (Foto: Secom)

Depois das fortes chuvas que caíram na capital no último final de semana, a prefeitura de Goiânia montou uma força-tarefa para reparar os estragos que o grande volume de água que caiu causou na cidade. Os bairros que recebem os serviços são: Vila Redenção, Jardim América, Vila Aurora, Parque Amazônia, Setor Coimbra, Vila Roriz, São José, além da intensificação nas avenidas T-2, T-9, Marginal Cascavel, Marginal Botafogo e Nazareno Roriz.

A prioridade é a limpeza das vias, desobstrução de vias, calçadas, pontes, bocas de lobo, além de remoção de árvores e entulhos, principalmente das áreas de riscos. De acordo com a Comurg, , 78 árvores caíram e 80% delas já foram removidas. O restante será totalmente retirado nesta segunda-feira (11). “Nenhuma via está obstruída e o recolhimento das galhadas será concluído ainda hoje. Estamos limpando a cidade, por isso, priorizamos os trabalhos de limpeza urbana, remoção e raspagens de terra, sobretudo das áreas de risco”, concluiu.”, pontua o presidente da companhia, Aristóteles de Paula.

Prefeitura monta força-tarefa para reparar os estragos da chuva

Prefeitura monta força-tarefa para reparar os estragos da chuva (Foto: Secom)

A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) disponibilizou 34 equipes para recuperar vias que foram danificadas pela chuva, processo erosivo, limpeza de bocas de lobo, desobstrução de pontes e tapa-buracos. O secretário Luiz Bittencourt afirma que 100 pontos de alagamentos foram levantados pela Defesa Civil e estão sendo monitorados. “Para isso, já estamos estruturando o Plano Diretor de Drenagem Urbana de Goiânia para buscarmos soluções definitivas para essa questão”, diz.

A Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) retirou mais de 60 árvores que caíram em parques de Goiânia. A pasta também trabalha na recuperação de pistas de caminhada, desobstrução da orla de lagos, remoção de entulho nas calçadas e restauração do telhado da Vila Ambiental, localizada no Parque Areião. Conforme o órgão ambiental do município, técnicos da Gerência de Fiscalização Ambiental atuaram em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social para identificar as áreas mais afetadas pelas chuvas, além da notificação e orientação das famílias que estão nesses locais.

Já a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social transferiu no sábado (9) famílias do Setor Sudoeste para um abrigo da pasta, segue monitorando, via coordenação especializada de abordagem social, moradores que vivem em áreas de risco de Goiânia. José Antônio da Silva Netto, que é titular da pasta, lembrou que as famílias atendidas preferiram ir para casa de familiares, mas, conforme ele, todos estão sendo monitorados pelas equipes de abordagens da secretaria.

 

Previsão é de pancadas de chuva em Goiás nos próximos dias, diz Inmet

Previsão alerta para possibilidade de chuva o dia todo em Goiânia, nesta segunda

Homem joga corda para salvar rapaz arrastado por enxurrada no Jardim América; vídeo