Francisco Costa
Do Mais Goiás

Prefeitura de Goiânia não quer aulas presenciais na rede pública a curto prazo

Prefeitura entende que o retorno às salas de aula na rede particular é mais viável

Em Goiânia, abertura da educação municipal deve ficara para depois
Alunos da Educação Infantil (Foto: Eulices Maria / Prefeitura de Goiânia)

O retorno das aulas presenciais na rede pública municipal de ensino, em Goiânia, deve ficar para depois. Segundo apurado pelo portal, a volta às aulas presenciais deste segmento demanda um estudo maior que da rede privada, na visão da prefeitura.

Isto porque as escolas particulares já se adequaram em outras ocasiões e possuem mais facilidades em relação a pessoal e equipamentos de segurança.

Goiânia, alinhada com o decreto estadual de escalonamento 14×14 no combate ao novo coronavírus (14 dias de atividades não essenciais fechadas e 14 abertas) reabre seu comércio na quarta-feira (31).

Apesar da abertura, as atividades comerciais seguem com a obrigação de obedecer aos protocolos sanitários.