Saúde mental

Prefeitura de Goiânia inaugura nova casa para acolher pessoas com transtornos mentais

A unidade terá capacidade para abrigar oito usuários, que receberão atendimento de modo integral.





//

Seguindo a Política Nacional de Saúde Mental do Ministério da Saúde, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS), inaugura, na segunda-feira (18/05), a sexta unidade do Serviço Residencial Terapêutico (SRT).

O objetivo das residências terapêuticas é proporcionar às pessoas que viveram longos períodos – dois ou mais anos ininterruptos – em hospitais psiquiátricos o retorno ao convívio social e até mesmo o início de uma nova vida social. O novo espaço é vinculado ao Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Novo Mundo.

A unidade terá capacidade para abrigar oito usuários, que receberão atendimento de modo integral. Quatro pacientes, oriundos do Pronto Socorro Psiquiátrico Wassily Chuc, já foram definidos.

De acordo com a chefe da Divisão de Saúde Mental da SMS, Camila Brum, é necessário que os as pessoas acometidas de transtornos mentais sejam egressos de internação psiquiátrica em hospitais cadastrados e que tenham perdido o vínculo afetivo-familiar.  Os candidatos para as demais vagas ainda estão em processo de avaliação e seleção.

Camila ressalta ainda que “a data para inauguração da sexta residência terapêutica de Goiânia foi proposital, já que 18 de maio representa o Dia Nacional de Luta Antimanicomial”.

Tópicos