Prefeitura de Goiânia anuncia que sincronização dos semáforos será restabelecida

Sistema deve ser normalizado até às 21 horas desta quinta-feira. Informação foi confirmada pelo titular da SMT, Felizberto Tavares

A sincronização dos semáforos de Goiânia está sendo restabelecida e será totalmente normalizada até às 21 horas desta quinta-feira (2). A informação foi confirmada pelo titular da Secretaria Municipal de Trânsito Transporte e Mobilidade (SMT), Felizberto Tavares, durante entrevista coletiva na sede da secretaria. O sistema de manutenção semafórica foi desligado no dia 23 de fevereiro pela empresa responsável pelo serviço, a Dataprom, que não recebia pagamentos desde junho do ano passado e acumulava uma dívida de cerca de R$ 1,5 milhões.

Ao todo, 694 cruzamentos de Goiânia ficaram sem sincronização durante sete dias. Durante a entrevista, o secretário comentou a importância do sistema de sincronização dos semáforos e afirmou que Goiânia é uma das poucas capitais brasileiras que trabalham com os semáforos de forma sincronizada e integrada. “Mesmo com o serviço funcionando em toda a Capital, convivemos com alguns pontos de gargalos. Se esse serviço, que é essencial para os cidadãos e tem ligação direta com a segurança pública, fosse desativado, toda a trafegabilidade da cidade estaria comprometida. Por isso, a atual administração não mediu esforços para negociar os valores pendentes e restabelecer a sincronização”, pontuou Felizberto.

Em seguida, o secretário relembrou que as dívidas deixadas pela administração anterior chegam a R$ 15 milhões somente na SMT. “Infelizmente a secretaria está devendo dos Correios aos fornecedores de água e energia. Herdamos inúmeras dívidas, no entanto, a gestão do prefeito Iris Rezende, por ter como uma das prioridades a melhoria da mobilidade, do trânsito e do transporte em Goiânia, está trabalhando para normalizar todos os serviços prestados aos cidadãos’, disse.

De acordo com o secretário, o prefeito Iris Rezende já autorizou que todos os contratos vigentes sejam honrados em dia. ‘Além disso, vale lembrar que os novos contratos já foram autorizados, inclusive o referente à sinalização, que até semana que vem será homologado. Em breve todos esses problemas serão resolvidos”, finalizou Felisberto.