NEM DELIVERY

Prefeitura de Caldas Novas institui “lei seca” aos finais de semana

Medida visa a conter aglomerações na cidade para evitar contágio de covid-19 entre moradores durante período de férias


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 03/07/2020 às 12:32:33

Hotéis em Caldas Novas (Foto: Divulgação)
Hotéis em Caldas Novas (Foto: Divulgação)

O prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP), assinou, na manhã desta sexta-feira (3), decreto que estabelece novas medidas restritivas aos finais de semana no município. A nova determinação impede que os estabelecimentos comerciais vendam bebidas alcoólicas nos finais de semana. A medida vale inclusive para drive-thru e delivery.

O decreto também proíbe a captação de clientes, vendas de ingressos e comercialização de qualquer tipo de produto ou serviço nas vias públicas. A Feira do Luar só poderá funcionar de segunda a sexta-feira até às 21h.

O comércio local deve ficar fechado durante os dois próximos finais de semana, nos dias 4, 5, 11 e 12 de julho. As novas medidas restritivas têm o objetivo de reduzir a circulação de pessoas na cidade e, por consequência, frear o avanço do coronavírus.

Os hotéis e pousadas da cidades continuam com permissão de funcionar, com restrição de 50% da capacidade, durante o mês de julho. O prefeito disse ao Mais Goiás que apenas 300 pessoas devem se hospedar em toda a rede.

Número de casos

De acordo com o último boletim, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na quinta-feira (2), Caldas Novas possui 86 casos confirmados e três óbitos por Covid-19. Do total, 44 foram recuperados e quatro estão hospitalizados – dos quais dois se encontram no Hospital de Retaguarda e dois em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI); 35 estão em isolamento domiciliar.