Do Mais Goiás

Prefeito visita atletas paralímpicos goianos no Centro de Excelência do Esporte

Os atletas disputam vagas no jogos Paralímpicos de Tóquio, que irá ocorrer em agosto

Rogério Cruz conversa com jogadoras do vôlei sentado. Foto: Jucimar de Souza

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz esteve presente no Centro de Excelência do Esporte nesta sexta-feira (23) para visitar atletas paralímpicos goianos que estão disputando vaga nos jogos de Tóquio, que irão ocorrer entre os dias 24 de agosto e 5 de setembro.

Rogério Cruz ressaltou que a prefeitura precisa reconhecer esses atletas e comentou sobre projetos que estão sendo organizados para a evolução do esporte olímpico e paralímpico na cidade. “Estamos com um projeto importante para a cidade, que é o centro olímpico municipal. Temos também o nosso velódromo já aprovado, porque nossos ciclistas e paraclistas muitas vezes, têm de treinar em outros estados. Goiânia está se preparando para ser uma capital que irá trazer qualidade de vida através do esporte”, disse.

Do tiro com arco, Hélcio Perillo, da categoria W1 e que faz parte do programa pró-atleta do governo estadual irá disputar a vaga no torneio de classificação na República Tcheca, em julho. Já Andrey Muniz, garantiu a presença nos jogos de Tóquio, após vencer o Parapan-Americano de Tiro com Arco, em março. Além deles, a goiana Jane Karla também tem vaga paralímpica garantida.

No paraciclismo, dois goianos ainda buscam a vaga. Carlos Alberto, disputa na classe C1, já Victor Luís, que também faz parte do programa do governo estadual e tem a bolsa pró-atleta, irá tentar a vaga na classe C2. Os dois terão a chance de conquistar um lugar no time Brasil no mundial da categoria, em Portugal, em junho.

No vôlei sentado, o Brasil garantiu a vaga paralímpica após a prata no Parapan-Americano de Lima, no Peru. A convocação oficial ainda não saiu, mas 4 goianas estão cotadas para entrar na equipe. Adria, Jani, Nurya e Pâmela, que recebem o apoio do pró-atleta, fazem parte da seleção comanda por José Guedes, que também é treinador das jogadoras aqui em Goiás. Além delas, a capixaba Luísa também faz parte da seleção e veio para o estado em 2019 para treinar com o time.

A visita também contou com a presença do secretário de esporte e lazer do estado de Goiás, Henderson Rodrigues, que cuida do Centro de Excelência, local no qual as meninas do vôlei sentado treinam.

“Nós acreditamos no desenvolvimento do esporte. Teremos vários atletas de alto rendimento, mas também teremos atletas que irão ter qualidade de vida, desenvolvimento social uma vida melhor por conta do esporte. Temos aqui vários atletas paralímpicos com o bolsa atleta e vamos continuar desenvolvendo esse projeto para ajudar essas pessoas”, frisou o secretário.

 

Foto: Jucimar de Souza.

Foto: Jucimar de Souza