Do Mais Goiás

Prefeito de Goiânia descarta possibilidade de torcida na final do Goianão

Vila Nova e Grêmio Anápolis se enfrentam no domingo (23), às 16h, no OBA

Prefeito de Goiânia descarta possibilidade de torcida na final do Goianão
Prefeito de Goiânia descarta possibilidade de torcida na final do Goianão (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova)

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz (Republicanos) afirmou que a decisão do Campeonato Goiano, entre Vila Nova e Grêmio Anápolis, não terá a presença de público. Na última sexta-feira (14), o político havia ressaltado que tinha planos para liberar torcedores na decisão do estadual, mas foi descartou a ideia em uma live realizada nesta segunda-feira (17). O jogo está marcado para domingo (23), no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA).

“Queria que nós tivéssemos o público, mas infelizmente, como se trata de alguns dias para final, não teremos condições de abrir o estádio para as torcidas organizadas. Mesmo sabendo, como o nome já diz, torcidas organizadas, por mais organização que tenham, infelizmente é muito complicado abrir o estádio para o público assistir a final do nosso Goianão”, comentou Rogério Cruz.

Apesar de ter tomado algumas medidas de flexibilização na capital nos últimos dias, a presença do público nos estádios ainda não é algo confortável. Até por isso, Rogério Cruz destaca que, agora, o foco é vacinar as pessoas o mais rápido possível.

“O meu desejo seria poder ver o público nas arquibancadas, torcendo, gritando, mas, infelizmente, devido ao momento que estamos vivendo na pandemia, ainda não estamos confortáveis. Estamos trazendo as condições para que as pessoas tenham a retomada da economia, mas ainda com restrições, porque a pandemia ainda está aí. Temos tido a atenção especial para que as vacinas sejam aplicadas o mais rápido possível nas pessoas. Mas não podemos sair liberando tudo, estamos fazendo as restrições com responsabilidade”, finalizou.

Desta forma, assim como foi a decisão do Goianão de 2020, o jogo final entre Vila Nova e Grêmio Anápolis também não contará com a presença do público. Na primeira partida, realizada em Anápolis, o duelo terminou empatado em 1 a 1 e no domingo (23), quem vencer leva o troféu de campeão.

Leia mais:

Maracanã será multado em R$ 14 mil por presença de convidados na final do Carioca