Do Mais Goiás

Prefeito de Caldas Novas promete investigação sobre menor eletrocutada em praça

Evandro Magal disse que a Polícia Civil (PC) já abriu inquérito para apurar a morte da menina, que aconteceu na última sexta

Prefeito de Caldas Novas promete investigação sobre menor eletrocutada em praça
(Foto: Reprodução)

No último sábado (28) Evandro Magal (PP), prefeito de Caldas Novas, gravou um vídeo falando sobre a morte da menina de oito anos que foi eletrocutada na sexta-feira após encostar em um poste na Praça Mestre Orlando, no centro da cidade. Júlia Honória Franco teria encostado na coluna por causa da decoração natalina.

“Quem é pai, e eu sou pai de três filhos, sabe a dor. Nós imaginamos o que essa família está passando neste momento”, disse Magal, que prometeu investigação do caso e afirmou que a prefeitura do município vai prestar o apoio à família de Júlia.

Evandro Magal disse que a Polícia Civil (PC) já abriu inquérito para apurar a morte da menina. O gestor afirmou que “haverá transparência por parte da prefeitura” e defendeu o trabalho das pessoas responsáveis pela decoração.

“É uma equipe que faz isso há muitos anos e nunca tivemos um incidente naquele local. São servidores concursados e com diplomas de eletricistas. Não é nada improvisado. Se houve algo que fugiu do controle isso vai aparecer durante as investigações”, disse.

Na data do ocorrido, Júlia chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital Nossa Senhora Aparecida, contudo, não resistiu ao choque. O local onde ela sofreu a descarga elétrica foi isolado para exames periciais.

A Prefeitura de Caldas Novas publicou no Instagram uma nota sobre o caso.

Amiga da família diz que todos estão ‘incrédulos’ com morte de garota eletrocutada

Prefeito de Caldas Novas promete investigação sobre menor eletrocutada em praça

(Foto: Reprodução)

Amiga da família diz que todos estão 'incrédulos' com morte de menina eletrocutada

Local foi interditado após a morte (Foto: Divulgação/Hedson Arantes)