Agência O Globo

Prédio desaba no Rio de Janeiro e deixa ao menos 3 pessoas sob escombros

Três pessoas foram socorridas e foram levadas para o Hospital Lourenço Jorge. Vítimas dormiam quando o prédio foi ao chão

Prédio de quatro andares desabou na madrugada desta sexta no Rio de Janeiro (Foto: reprodução/O Globo)
Prédio de quatro andares desabou na madrugada desta sexta no Rio de Janeiro (Foto: reprodução/O Globo)

Um prédio de quatro andares desabou na madrugada desta quinta-feira em Rio das Pedras, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Bombeiros de cinco quartéis estão no local e buscam resgatar três pessoas que estão presas aos escombros. Cães estão sendo usados nas buscas. As informações são da TV Globo.

Segundo o coronel Leandro Monteiro, secretário de Defesa Civil e comandante geral do Corpo de Bombeiros, neste momento, só é possível afirmar que há debaixo dos escombros um homem, uma mulher e uma criança. Existe no entanto a possibilidade de haver mais pessoas.

A mulher sob os escombros está conversando com os bombeiros. Ela está presa pelos quadris e pernas, segundo os bombeiros no local. Eles estão usando cilindros de oxigênio.

— Todos estavam dormindo na hora. Eu estou em contato com uma vítima feminina que tem passado informações do local com dificuldade, porque está com muita dor. É provável que essa vítima masculina adulta e essa criança estejam lá — afirma o coronel.

Pelo menos três pessoas estão sob os escombros (Foto: reprodução/TV Globo)

Pelo menos três pessoas estão sob os escombros (Foto: reprodução/TV Globo)

Para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra, foram levadas três outras vítimas. Segundo ele, o local é de bastante risco para os bombeiros. Os três feridos levados para o hospital chegaram à unidade conversando, segundo socorristas. Eles sofreram escoriações e queimaduras em razão do fogo que atingiu o imóvel.

— Os bombeiros estão trabalhando sobre os escombros, com Equipamentos de Proteção Individual (EPI), é um trabalho de muita calma e muita paciência. Cada hora vem uma informação diferente de moradores, mas estamos trabalhando com a possibilidade real de ter mais essas três vítimas no local.

No local, há ainda muitos focos de fumaça. São cerca de 200 homens do Corpo de Bombeiros que estão trabalhando no local desde a madrugada.

O coronel Monteiro fez um apelo para que moradores dos prédios vizinhos deixem as casas por risco de mais desabamentos.

O prefeito Eduardo Paes está no local. Thalita Galhardo, subprefeita da Zona Oeste, disse ser bem possível que o prédio seja uma construção irregular, assim como as demais construções no entorno nessa rua na comunidade de Rio das Pedras.

Bombeiros de cinco batalhões trabalham nos resgates. Cães também ajudam nas buscas (Foto: reprodução/O Globo)

Bombeiros de cinco batalhões trabalham nos resgates. Cães também ajudam nas buscas (Foto: reprodução/O Globo)

— Eu tenho feito muitas vistorias de ocupações irregulares, prédios condenados pela Defesa Civil. Realmente o entorno ali tem muita ocupação irregular. É uma coisa muito difícil você tirar morador, mas infelizmente as construções aqui não tem legalidade e acaba acontecendo este tipo de acidente — disse Thalita, em entrevista ao “Bom Dia Rio”.

Segundo o G1, o prédio que desabou fica na Rua das Uvas, esquina com Avenida Areinhas. Ruas no entorno do foram interditadas para os trabalhos de resgate. Moradores de imóveis vizinhos, ouvidos pelo site, disseram que começaram a ouvir estalos por volta de 2h, e o imóvel ruiu por volta de 3h20. Também relataram que, após o desabamento, houve um incêndio no local. O fogo foi controlado pelos bombeiros.

Moradores também relataram que um outro imóvel, onde funcionaria uma lan house, foi afetada no momento do desabamento e o estabelecimento estaria lotado de jovens. Uma testemunha, porém, afirmou que todos foram retirados do local sem ferimentos.