SERVIÇO MILITAR

Prazo para alistamento no Exército está aberto desde o dia 1º de janeiro

Inscrições seguem até 30 de junho


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 11/01/2021 às 14:06:25

Prazo para alistamento no Exército está aberto desde o dia primeiro de janeiro (Foto: Reprodução/Site Exército Brasileiro )
Prazo para alistamento no Exército está aberto desde o dia primeiro de janeiro (Foto: Reprodução/Site Exército Brasileiro )

O prazo para o alistamento no Exército Brasileiro teve início do dia 1º de janeiro e segue até o dia 30 de junho. As inscrições são obrigatórias para jovens do sexo masculino que completam 18 anos em 2021. Em Goiás, as inscrições podem ser feitas de forma online pelo site do Exército Brasileiro ou presencialmente nas Juntas do Serviço Militar.

A prestação de serviço militar tem duração de um ano e a seleção para as Forças Armadas ocorre entre 1º de julho até o dia 28 de outubro deste ano. Segundo o Exército, a primeira etapa é feita por meio de um teste de conhecimentos gerais e exames. Após o resultado, é feita a segunda etapa, na qual os jovens podem ser incluídos ou dispensados do serviço militar.

Como se alistar em Goiás

Na inscrição online, o jovem deve preencher um formulário no site do Exército Brasileiro, com os seguintes documentos em mãos:

  • CPF;
  • RG;
  • Comprovante de endereço com CEP;
  • E-mail;
  • Telefone para contato.

Após a inscrição, o candidato deve acompanhar o processo pelo site, usando o número do CPF e uma senha que será gerada no endereço eletrônico.

Já nas inscrições presencias, o jovem deve ir ao Serviço Militar mais próxima do lugar onde morar e levar a Certidão de Nascimento e um comprovante de residência.

Em Goiânia, a junta militar está localizada na Rua José Hermano, no Setor Campinas. Além da capital, outras 17 juntas estão disponíveis em unidades do Vapt Vupt: Águas Lindas de Goiás; Bom Jesus de Goiás; Goianira; Goiatuba; Itaberaí; Itapuranga; Itumbiara; Jataí; Mineiros; Mozarlândia; Pires do Rio; Planaltina; Portal Shopping; Rio Verde; Santo Antônio do Descoberto; São Miguel do Araguaia e Senador Canedo.

Vale lembrar que a inscrição presencial é obrigatória para quem possui nome social. Assim, o jovem deve apresentar a Certidão de Nascimento, comprovante de residência e documento oficial com foto. Quem mora no exterior deve se dirigir até o consulado brasileiro com a mesma documentação.

Dispensa

O Exército informa que o jovem tem a opção de fazer o pedido de dispensa do alistamento, em duas situações:

  • Quando é o responsável pelo sustento da família: neste caso, ele ir, presencialmente a alguma das unidades, e apresentar o pedido de dispensa, junto aos documentos que comprovem a situação;
  • Pessoas com deficiência também devem apresentar o pedido de dispensa, pessoalmente, junto ao laudo médico que comprove a situação. Caso a pessoa não tenha condições de comparecer, ela deve ser representada por um tutor ou curador.

Caso seja dispensado, o jovem recebe um documento de Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) e participa de uma cerimônia onde se compromete com o Brasil, podendo se apresentar futuramente, caso seja necessário.

*Com informações do G1