Interdição

Posto de combustível é interditado por comercializar gasolina adulterada, em Goiânia

Etanol estava com 7% acima do permitido por lei misturado à gasolina; um dos sócios-proprietários foi detido em flagrante, mas foi liberado mediante pagamento de fiança


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 26/03/2018 às 15:49:40

Quantidade de etanol na gasolina estava bem acima do permitido (Foto: PC)
Quantidade de etanol na gasolina estava bem acima do permitido (Foto: PC)

Um posto de combustível teve duas bombas de combustíveis interditadas por adulteração na gasolina na manhã desta segunda-feira (26). A suspensão foi realizada pelo Procon Goiás, junto com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor do Estado de Goiás (Decon).

Segundo o delegado Frederico Maciel, o posto, que fica localizado na Avenida Vera Cruz, no Jardim Guanabara, foi um dos locais visitados de uma fiscalização de rotina e uma amostra do combustível para verificar possível adulteração.

Logo após isso, o Procon recebeu uma denúncia sobre adulteração do combustível no local. Após análise, os agentes constaram que o combustível estava com 35% de etanol misturada na gasolina, ou seja, bem acima da normalidade.

“Essa mistura é prevista em lei de 27%. É aceitável o resultado de 28%, mas o valor encontrado hoje foi de 7% acima da normalidade. Isso é uma forma de lesar o consumidor, já que o etanol chega mais barato para o dono do estabelecimento”, destaca.

A regularização só será possível, de acordo com o delegado, quando o proprietário realizar a compra de um novo combustível e a realização de nova análise. Um dos sócios-proprietários foi detido em flagrante por crime de relação de consumo, mas responderá o inquérito em liberdade mediante o pagamento de fiança.