FolhaPress

Porta dos Fundos tem nova vitória na Justiça em episódio do Jesus gay

Dessa vez o pedido de indenização foi movido por uma pessoa física batizada na Igreja Católica

Porta dos Fundos tem nova vitória na Justiça em episódio do Jesus gay
Porta dos Fundos (Foto: Divulgação)

A produtora de vídeos Porta dos Fundos venceu nesta semana mais um processo contra o especial de Natal “A Primeira Tentação de Cristo“. Desta vez, o pedido de indenização por danos morais, de quase R$ 9.600, foi movido por uma pessoa física que alega ter sido batizada na Igreja Católica e se sentido ofendida pelo filme, que retratava um Jesus gay.

Segundo a decisão da 9ª vara do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, não há violação à vida privada ou à liberdade de crença do autor da ação, mas, sim, ao direito de liberdade de expressão da produtora.

Lançado em 2019, o filme foi questionado em cerca de 30 ações, das quais 23 tiveram prosseguimento e 18 já foram julgadas -todas favoráveis ao Porta dos Fundos- , segundo o escritório Mattos Filho, que defende a produtora.

Por Joana Cunha, da Folha