Série B

Ponte Preta bate Ceará e assume a liderança da Série B

Com seu recorde de público na Série B - 10.412 pagantes -, time paulista emplaca quinta vitória seguida




A festa da Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli foi completa, neste sábado, em Campinas. Com seu recorde de público no Campeonato Brasileiro da Série B – 10.412 pagantes -, o time paulista emplacou a quinta vitória seguida ao atropelar o Ceará, por 3 a 1, e assumiu a liderança pela primeira vez. O duelo foi válido pela 26.ª rodada.

O resultado e o maior número de gols – 43 a 39 – fizeram a Ponte Preta ultrapassar o Avaí, que bateu o Boa por 2 a 0 e pular para a ponta. Ambos têm 14 vitórias e 17 gols de saldo. Agora, o time campineiro tem 49 pontos e abriu seis de diferença para o quinto colocado, que é o próprio Ceará. Os visitantes, por outro lado, veem Joinville e Vasco abrirem quatro pontos de distância no G4.

A Ponte Preta construiu a vitória com propriedade. O time de Campinas dominou o meio de campo com o toque de bola e muita velocidade pelos flancos. O primeiro gol aconteceu aos 20 minutos, em um lance individual do meia Adrianinho. O camisa 10 carregou com liberdade no meio e soltou uma bomba, de fora da área. A bola entrou no ângulo direito do goleiro Luís Carlos.

O primeiro gol abriu as portas para a Ponte Preta aumentar o placar de forma natural. O segundo foi anotado aos 27 minutos. O lateral João Paulo cruzou da esquerda e o zagueiro Wellington Carvalho, na tentativa de cortar, fez contra. O terceiro foi feito pelo próprio João Paulo, aos quatro do segundo tempo. Ele soltou uma bomba em cobrança de falta indefensável. No final, aos 47, já nos acréscimos, o zagueiro Sandro diminuiu para o Ceará, de cabeça.

Nesta terça-feira, às 20h30, a Ponte Preta volta a campo para enfrentar o Paraná, novamente no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Ceará vai até Goiânia para encarar o Vila Nova, no mesmo dia, às 19h30, no estádio Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 3 x 1 CEARÁ

GOLS – Adrianinho, aos 20, e Wellington Carvalho (contra), aos 27 minutos do primeiro tempo; João Paulo, aos 4, e Sandro, aos 47 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS – Lulinha, Sandro, Nikão, Eduardo e Ricardinho (Ceará).
ÁRBITRO – Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa/RJ).
RENDA – R$ 98.538,00.
PÚBLICO – 10.412 pagantes.
LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

PONTE PRETA – Roberto; Rodnei, Tiago Alves, Gilvan (Raphael Silva) e João Paulo; Fernando Bob, Juninho, Thomás (Anderson Bartola) e Adrianinho (Adilson Goiano); Alexandro e Cafu. Técnico: Guto Ferreira.

CEARÁ – Luis Carlos; Marcos (Alex Lima), Sandro, Wellington Carvalho e Vicente; João Marcos (Marcos Vinícius), Amaral (Nikão), Ricardinho e Eduardo; Magno Alves e Bill. Técnico: Sérgio Soares.