Violência

Policial Civil é morto a facadas pela namorada em Bom Jesus de Goiás

Em depoimento, a suspeita contou que se 'descontrolou' e matou o namorado





//

Um policial civil foi morto a facadas dentro de casa em Bom Jesus de Goiás, a 245 quilômetros de Goiânia, na madrugada desta quarta-feira (29/07). A principal suspeita prestou depoimento nessa manhã para a polícia.

Segundo informações da Polícia Civil, Camila Souza da Silva, de 18 anos, disse em depoimento que teve uma discussão com João Paulo Arantes dentro de casa. Ela contou ainda que teria se “descontrolado” ao pegar uma faca na cozinha enquanto a vítima ia ao banheiro.

De acordo com o depoimento, Camila esperou João Paulo no quarto e o atingiu com um golpe no peito. João Paulo correu de volta ao banheiro e se trancou. Do lado de fora, segundo o seu depoimento, ela ficou golpeando a porta com a faca.

Como havia perdido muito sangue, João Paulo não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Vizinhos ouviram a discussão do casal e acionaram a Polícia Militar (PM). Camila foi presa ainda no local. Ela foi encaminhada à delegacia da cidade onde foi autuada em flagrante.

De acordo com a polícia, Camila tem outra passagem pela polícia após tentar matar um conselheiro tutelar, em fevereiro do ano passado.