Heróis

Policiais militares salvam bebê de cinco meses que se engasgou com medicamento, em Goiânia

Os policiais realizavam uma abordagem quando foram surpreendidos pelos pais da criança. De imediato, os policiais realizaram as manobras e deslocaram com a bebê


Kayque Juliano
Do Mais Goiás | Em: 14/03/2019 às 10:45:19

A bebê de 5 meses se engasgou com remédio(Foto: Divulgação/ PM)
A bebê de 5 meses se engasgou com remédio(Foto: Divulgação/ PM)

Uma bebê de cinco meses foi salva por policiais do Batalhão de Eventos da Polícia Militar (BEPE) após se engasgar com medicação, na tarde desta quarta-feira (13), no Jardim Cerrado 7, em Goiânia. De acordo com o soldado Welton Fernandes Brito, a agilidade no atendimento contribuiu para que a criança fosse salva.

Os policiais do Batalhão de Eventos realizavam uma abordagem em um bar, no Jardim Cerrado 7, quando foram surpreendidos pelos pais da criança que chegaram de carro no local informando que a criança estava inconsciente após se engasgar com um medicamento.

De imediato, os policiais iniciaram manobras de reanimação na criança e deslocaram com a menor e os pais até uma unidade de saúde em Trindade. “Durante o caminho tivemos que trafegar pela contra-mão na GO-060 para evitar os congestionamentos e garantir que o atendimento fosse realizado o mais rápido possível”, explica o soldado Brito.

No caminho, os policiais avistaram um ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que foi parada pelos militares. De imediato, a enfermeira da ambulância realizou o atendimento e a criança foi estabilizada. Posteriormente, a menor foi levada para a base do Samu onde recebeu atendimento médico. “Os pais estavam aflitos, assutados. Quando a enfermeira conseguiu reanimar a bebê eles ficaram mais tranquilizados”, relata Brito.

De acordo com o policial, a criança estava com febre e a mãe foi medicá-la. Durante a ingestão do medicamento, a neném se engasgou e perdeu a consciência. O policial relata que no caminho ela deu três convulsões, mas felizmente tudo terminou bem. “Já aconteceu um caso semelhante com um idoso no interior de Goiás, mas com criança é a primeira vez. Eu fico muito feliz por Deus ter me dado a oportunidade de estar ali com meus colegas para ajudar a bebê”, comemora o policial.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias) em