Polícia prende suspeitos de roubar fazendas durante três anos em Rio Verde

Supostos autores agiam com violência e com armas de fogo

Um dos presos pela Polícia Civil por suspeita de roubar fazendas em Rio Verde (Foto: Divulgação)
Um dos presos pela Polícia Civil por suspeita de roubar fazendas em Rio Verde (Foto: Divulgação)

Três suspeitos de roubar fazendas da região de Rio Verde, no sudoeste goiano, foram presos nesta quarta-feira (8). A Polícia Civil revelou que os investigados praticavam crimes há pelo menos três anos, sempre com muita violência. Armados, eles rendiam as vítimas, agrediam-nas e roubavam veículos, utensílios domésticos e armas de fogo. Dois mandados de busca e apreensão domiciliar também foram cumpridos.

Em um dos crimes, os supostos autores invandiram uma residência, onde estavam dois idosos, filha e neta do casal. As vítimas foram amarradas, tiveram celulares, um veículo – Fiat Palio vermelho e outros pertences roubados. O carro levado foi recuperado durante as buscas na casa de um dos suspeitos.

Ronaldo Pinheiro Borges e Lucas Gomes de Moraes foram presos preventivamente e também foram alvos de busca e apreensão. Já Jonadabe Oliveira teve cumprido mandado de prisão preventiva. Ronaldo Pinheiro já era investigado pelo Grupo de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Rio Verde pela prática, dentre outros crimes, de seis roubos ocorridos em zona rural”, informou a Polícia Civil.

Os investigadores, nos conformes da Lei n.º 13.869/2019, divulgaram as fotos dos supostos autores para a identificação de novas vítimas; clique aqui para ver. Os números de contato são: disque-denúncia 197 ou o número (62) 99862-9506.

Homem é resgatado de incêndio enquanto dormia em casa, em Rio Verde; leia.