FORTALEZA

Polícia prende suspeitos de manter mulher torturada em porta-malas

Imagem mostra a mão da vítima fora do veículo


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 06/01/2021 às 14:26:05

Polícia prende suspeitos de manter mulher torturada em porta-malas
Polícia prende suspeitos de manter mulher torturada em porta-malas

A polícia prendeu quatro suspeitos de torturarem uma mulher e mantê-la refém no porta-malas de um carro, nesta terça-feira (5), em Fortaleza (CE). O bagageiro foi parcialmente fechado, porém, uma das mãos da vítima foi deixada para fora, chamando a atenção de um motorista que trafegava perto do automóvel.

De acordo com declarações de agentes da polícia, a jovem raptada pode estar envolvida em uma série de homicídios cometidos pelo namorado na região central da capital. Na manhã desta quarta-feira (6), no entanto, Paulo Martins, coordenador das células de proteção comunitária da Guarda Municipal de Fortaleza, informou que ela foi liberada depois de fazer exame de corpo de delito. Quando o resultado ficar pronto, ela passará a compor o inquérito do caso.

À polícia, o grupo revelou que fez isso com a garota para conseguir informações que levassem ao namorado dela. O companheiro da vítima foi encontrado em posse de uma arma de fogo com munição no interior de uma pousada na Rua Jaime Benévolo, na região central da cidade.

A prisão dele também aconteceu na terça-feira, quase 24 horas depois de um crime de homicídio do qual ele é suspeito. Este foi cometido contra um adolescente de 16 anos, que estava em um bar na Rua Floriano Peixoto, quando foi atingido por disparos de arma de fogo e morreu no local.

Braço para fora do porta-malas

A polícia prendeu quatro pessoas, sendo dois homens, uma mulher e um adolescente, por suspeita de realizar o rapto da jovem.

A prisão aconteceu após um motorista ver que a mão da vítima estava para fora do porta-malas do carro e acionar a polícia. O carro com os suspeitos foi interceptado no Bairro Pici. Agentes da Guarda Municipal de Fortaleza fizeram a abordagem, conseguiram deter os suspeitos e resgatar a jovem.

A vítima foi encontrada com lesões nas costas, braços e pernas, mas sem ferimentos graves. Segundo a polícia, ela seria levada para o bairro Bela Vista, em Fortaleza, onde seria executada. (Com informações do G1)

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira