Flagrante

Polícia prende suspeito de matar mulher e jogar corpo em cisterna, em Aparecida de Goiânia

De acordo com a PC, rastros de sangue mostraram o percurso feito pelo suspeito, que mora há cinco casas de onde o cadáver foi jogado


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 19/05/2019 às 15:12:42

As equipes estiveram no local para realizar os procedimentos iniciais (Foto: Leitor do Mais Goiás)
As equipes estiveram no local para realizar os procedimentos iniciais (Foto: Leitor do Mais Goiás)

A Polícia Civil (PC) identificou o corpo encontrado na manhã deste domingo, dentro de uma cisterna, no setor Tocantis, em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital. Trata-se de Sara de Sousa Tabelião, de 21 anos. De acordo com a corporação, a mulher foi assassinada por Erlan Monteiro de Oliveira, de 38 anos. O homem foi preso em flagrante e vai responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Segundo o responsável pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH), Álvaro Melo, a vítima foi morta na residência do suposto autor e teve o corpo arrastado e jogado na cisterna de um imóvel abandonado. Rastros de sangue mostraram o percurso feito pelo suspeito, que mora há cinco casas de onde o corpo foi jogado.

Conforme Álvaro, em entrevista informal, o autor confessou o crime, mas mudou a versão logo após e disse que não se lembra do ocorrido. “Essa mudança de versão não interfere na investigação. O sangue da vítima traçou o percurso entre a casa do autor e a cisterna. Também foi detectado o sangue da mulher no chinelo e na camisa do homem, o que não deixa dúvidas quanto a autoria”, disse ao Mais Goiás.

Ainda de acordo com o delegado, o crime ocorreu na noite deste sábado (18) e a mulher teve um afundamento no crânio. Até o momento não há informações sobre o objeto usado para causar a fratura. Os dois seriam usuários de drogas e costumavam se encontrar para fazer o consumo de substâncias ilícitas. Erlan possui passagens por diversos crimes como tentativa de homicídio, furto, roubo, tráfico de drogas e posse ilegal de arma. A mulher possuía passagem por furto.

O homem será ouvido na tarde deste domingo e encaminhado ao 1º DP de Aparecida de Goiânia.

 

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

URGENTE: Um corpo, ainda não identificado, foi encontrado na manhã deste domingo (19), no fundo de uma cisterna em Aparecida de Goiânia. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros foram acionados para atender a ocorrência. – Segundo o Corpo de Bombeiros, a equipe foi acionada para dar apoio ao Samu. O corpo foi localizado no interior da cisterna que fica nos fundos de uma casa abandonada no Setor Tocantins. As equipes de resgate aguardam o trabalho da Polícia Civil e da Polícia Técnico Científica para realizar o resgate. Até o momento a corporação não confirma se o cadáver é de uma mulher ou de um homem. – Aguarde, mais informações em instantes.(Foto via @bill.guerra)

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias) em