Polícia prende suspeito de ataques a Taís Araújo na Bahia

A do suspeito Tiago Zanfolim Santos, 26, aconteceu na cidade baiana de Brumado, a 555 quilômetros de Salvador.




Foi preso na manhã desta quarta-feira (16/03), um dos homens suspeitos de participar dos ataques de teor racista contra a atriz global Taís Araújo e a jornalista Maria Júlia Coutinho, a Maju do Jornal Nacional (Globo), no ano passado.

A prisão do suspeito identificado por Tiago Zanfolim Santos,  26, aconteceu na cidade baiana de Brumado, a cerca de 555 quilômetros de Salvador. Com ele, foi apreendido um celular e um computador. Tiago, segundo a polícia de Brumado, trabalha em uma empresa de informática.

Os policiais da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), do Rio de Janeiro, cumpre, desde a madrugada desta quarta, mandados de prisão em diversos estados do Brasil (Bahia, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo).

Foram cumpridos quatro mandados de prisão e 11 de busca e apreensão. De acordo com a DRCI, um dos líderes do grupo suspeito de cometer os ataques é um adolescente, localizado em São Paulo. Outro suspeito de cometer o crime é paranaense, mas já está preso desde 2015 pelo crime de pedofilia.