Do Mais Goiás

Polícia prende sete suspeitos de elo com tentativa de assalto a carro-forte

No crime, dois suspeitos foram mortos, um ferido e outro conseguiu fugir.


//

A tentativa de roubo de malotes de um carro forte nesta terça-feira pela manhã no Jardim América em Goiânia foi tramada por 10 criminosos, nove deles da Bahia, que vieram para Goiânia há 30 dias exclusivamente para cometer delitos. Sete foram presos no decorrer do dia, dois morreram durante a ação e outro está custodeado em uma enfermaria do Hugo.

Logo após a tentativa de assalto, ocorrida às 9h30 na agência da Caixa Econômica Federal da Avenida T-9, militares do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer) localizaram em uma casa no Residencial Jardim do Cerrado VII, em Goiânia, dois suspeitos.

Os militares chegaram até os suspeitos após receberem  uma denúncia anônima de um morador. E através de outro telefonema, os policiais conseguiram localizar outros três comparsas dos autores em Goianira, na região metropolitana de Goiânia. Uma mulher também foi detida pela polícia.

Todos foram encaminhados para o Grupo Anti Roubos a Bancos (GAB) da Delegacia Estadual de investigações Criminais (Deic), onde o delegado Alex Vasconcelos autuou os cinco homens e  a mulher.

Com a prisão dos seis suspeitos e após ouvirem informalmente o baleado que está no Hugo, os agentes da Deic localizaram e prenderam outro integrante da quadrilha. Todos serão apresentados à imprensa na manhã desta quarta-feira (28/01).

De acordo com a polícia, todos os presos já possuem passagens por tráfico, roubo e formação de quadrilha. Um dos dois assaltantes mortos durante a troca de tiros com os vigilantes da Proforte usava tornozeleira eletrônica, e estava em liberdade condicional desde setembro passado.

Suspeitos falam sobre o assalto: