CORONAVÍRUS

Polícia prende mulher que se passava por enfermeira para pedir dinheiro

Suspeita dizia que ajudava criança com câncer, que tinha caso de coronavírus na família e que precisava de ajuda financeira


Laylla Alves
Do Mais Goiás | Em: 15/05/2020 às 15:26:53

(Foto: Reprodução Prefeitura de Iporá)
(Foto: Reprodução Prefeitura de Iporá)

A Polícia Civil prendeu nesta última quinta-feira (14), uma mulher que se passava por funcionária da Saúde do Hospital Municipal de Iporá para pedir dinheiro de casa em casa. Ela foi presa em flagrante no centro da cidade.

A suspeita já foi identificada e tem passagens pela polícia. Em algumas casas, a investigada dizia ser enfermeira e, em outras, que ajudava uma criança com câncer, ou que tinha algum caso de coronavírus (Covid-19) na família e que precisava de ajuda financeira por conta desses motivos.

A polícia também informou que a mulher chegou a citar nomes de profissionais da Saúde do Município de Iporá que estão na linha de frente no combate a covid-19 e disse que eles que estavam pedindo ela para solicitar ajuda.

De acordo com Ramon Queiroz, delegado da PC, moradores denunciaram a suspeita à polícia e foi lavrado contra ela auto de prisão em flagrante pelo crime de estelionato.

*Laylla Alves é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira