APURAÇÃO | OPERAÇÃO VALET

PC apura suposto superfaturamento de R$ 7 mi por empresa de saneamento de Catalão

Mandados de busca e apreensão e quebra de sigilos fiscal e bancário foram cumpridos nesta manhã (29)


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 29/04/2020 às 10:09:56

Operação da Polícia Civil faz busca e apreensão por fraude em empresa de saneamento de Catalão (Foto: PC/ Divulgação)
Operação da Polícia Civil faz busca e apreensão por fraude em empresa de saneamento de Catalão (Foto: PC/ Divulgação)

A Polícia Civil cumpriu 12 mandados de busca e apreensão e outros 16 de quebra de sigilo fiscal e bancário na manhã desta quarta-feira (29) nos municípios de Catalão, Goiás, Goiânia, Ipameri, Silvânia e Bela Vista de Goiás. A ação faz da Operação Valet, que investiga irregularidades em contratos da Superintendência de Água e Esgoto de Catalão (SAE).

Segundo as investigações realizadas pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Administração Pública (Dercap), os supostos crimes ocorreram por meio do superdimensionamento e superfaturamento de contratos para admissão de pessoal terceirizado para a SAE. 

As eventuais fraudes teriam sido práticas entre os anos de 2013 e 2016 por  um grupo de políticos, funcionários públicos e empresários da região de Catalão. O desfalque nos cofres públicos, segundo levantado pela Dercap, ultrapassa R$ 6,8 milhões. 

Os investigados são suspeitos da prática dos crimes de organização criminosa, peculato, desvio de dinheiro, corrupção ativa, corrupção passiva, crimes licitatórios, crimes contra a fé pública e lavagem de dinheiro.

A reportagem tenta contato com a Superintendência de Água e Esgoto de Catalão (SAE).