Investigação

Polícia investiga se ex-militar ajudou adolescente a planejar ataque em escola de Niterói

A informação da existência de uma pessoa, que daria apoio ao rapaz, foi dada pelo próprio jovem na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente


Fabricio Moretti

Do Mais Goiás | Em: 20/03/2019 às 16:46:20


Roupas de série e facas foram encontradas em quarto de jovem (Foto: Reprodução)
Roupas de série e facas foram encontradas em quarto de jovem (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil investiga se um ex-militar estaria ajudando um adolescente,  de 17 anos, apreendido nesta terça-feira, a planejar um ataque contra estudantes de uma escola estadual de Niterói, na Região Metropolitana do Rio. A informação da existência de uma pessoa, que daria apoio ao rapaz, foi dada pelo próprio jovem, ao prestar depoimento na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA-Niterói).

X. Estava matriculado na mesma escola onde pretendia realizar o ataque, mas não teria frequentado às aulas desde o início do ano. Ele também afirmou, ao ser ouvido na delegacia, que o suposto ex- militar seria responsável por  fornecer uma arma e uma bomba . O artefato seria usado por X. para explodir uma passarela que dá acesso a um centro comercial.