Polícia investiga participação de outras pessoas na morte de ex-jogador do São Paulo

A Polícia Civil do Paraná acredita que o suspeito de matar o jogador de futebol Daniel Correa Freitas, 24 anos, agiu "de forma insidiosa, cruel e desnecessária" após "um desentendimento de final de festa", disse nesta quinta-feira (1) o delegado Amadeu Trevisan, responsável pela investigação.

FolhaPress | Postado em: 01/11/2018 às 20:38:51
Polícia investiga participação de outras pessoas na morte de ex-jogador do São Paulo
Meia Daniel quando atuava pelo São Paulo | Foto: Marcello Zambrana/Agif/Folhapress


Compartilhe

Palavras Chave: SPFC Homicídio Futebol


Compartilhe