Agência Brasil

Polícia investiga mais três integrantes do comitê irlandês por cambismo

Membros do Comitê Olímpico do país são suspeitos de participar de um esquema de venda ilegal de ingressos, assim como o presidente do comitê, Patrick Hickey, e executivos de empresas

A Polícia Civil do Rio de Janeiro apreendeu neste domingo (21) os passaportes dos irlandeses Kevin Kilty, Dermot Henihan e Staphen Martins, membros do Comitê Olímpico da Irlanda. Eles são suspeitos de participar de um esquema de venda ilegal de ingressos, assim como o presidente do comitê, Patrick Hickey, e executivos das empresas THG e Pro10 Team.

Segundo o Comitê Olímpico da Irlanda, além dos passaportes, foram apreendidos os celulares e laptops dos três irlandeses. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão no escritório do comitê na Vila Olímpica e nos quartos de hotel dos suspeitos.

Os três, que agora estão impedidos de deixar o país, deverão prestar depoimento na terça-feira (23). O presidente do comitê foi preso semana passada e encaminhado para o complexo penitenciário de Bangu, na zona oeste da cidade.

Quatro executivos da empresa britânica de hospitalidade esportiva THG e três dirigentes da irlandesa Pro10 Team também estão sendo investigados e tiveram a prisão decretada.