Fabricio Moretti
Do Mais Goiás

Polícia investiga desaparecimento de escultura em formato de pênis; confira imagem

O objeto chamado "Guardião do Allgäu" deu o nome a uma cerveja da Alemanha e está listado como "monumento cultural"

Polícia investiga desaparecimento de escultura em formato de pênis; confira imagem
(Foto: Reprodução)

A polícia da Alemanha está investigando o desaparecimento de uma escultura de madeira com formato similar a um pênis, que estava instalada na montanha Grünten, a sudoeste de Munique, no estado da Bavária, próximo à fronteira com a Áustria.

De acordo com o jornal local Allgaeuer Zeitung, a estátua chamada de “Guardião do Allgäu” aparentemente foi furtada no último fim de semana. A escultura têm originalmente dois metros de altura e 200 quilos, mas agora o que resta é apenas um pedaço de madeira e algumas lascas.

Segundo a rede britânica BBC, o monumento em formato de pênis seria uma brincadeira entre amigos, que teriam dado de presente de aniversário para um jovem alemão quatro anos atrás.

Como o aniversariante não quis receber o grande presente, os demais rapazes então teriam usado um trenó para puxar ao objeto fálico até a montanha, para que os visitantes do local a observassem. Não deu outra, virou ponto turístico.

A escultura “Guardião do Allgäu” deu o nome a uma cerveja da região e está listada como “monumento cultural” no Google Maps.

Agora, uma investigação policial foi aberta para apurar quem pode ter a levado embora. O porta-voz da polícia, Holger Stabik, disse à mídia local que não sabe ao certo o que acontecerá caso o culpado seja encontrado. “Não sabemos se cortar a escultura é um crime ou não”, admitiu Stabik.

O prefeito do vilarejo vizinho de Rettenberg, Nikolaus Weissinger, lamentou a ocorrência: “É realmente uma pena“.

Polícia investiga desaparecimento de escultura em formato de pênis; confira imagem

(Foto: Reprodução)

Leia também: Intérprete de Robin nos anos 60 diz ter sido medicado para diminuir pênis

Pilotos são investigados por traçarem pênis em rota de voo; confira

*Com informações do UOL