Operação Lava Jato

Polícia Federal pede ao STF que Lula seja ouvido na Lava-Jato

Relatório diz que ex-presidente pode ter sido beneficiado por corrupção na Petrobras





//

A Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja ouvido no inquérito que investiga envolvimento de políticos no esquema de corrupção na Petrobras. A revelação foi feita nesta sexta-feira (11/09) pela revista Época em seu site, em reportagem de Filipe Coutinho.

O pedido foi feito pelo delegado Josélio Sousa. Ele suspeita que Lula pode ter sido ‘beneficiado pelo esquema em curso na Petrobras, obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo’.

Em Buenos Aires, onde faz campanha para o canditado a presidencia da Argentina, Daniel Scioli, apoiado pela presidente Cristina kirchner, o ex-presidente brasileiro se mostrou surpreso com o pedido da PF e disse que ainda não foi comunicado: “Eu não sei como comunicaram a vocês e não me comunicaram. É uma pena”.

“Atenta ao aspecto político dos acontecimentos, a presente investigação não pode se furtar de trazer à luz da apuração dos fatos a pessoa do então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que, na condição de mandatário máximo do país, pode ter sido beneficiado pelo esquema em curso na Petrobras, obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada à custa de negócios ilícitos na referida estatal”, diz o relatório. Depois de contar tudo o que foi apurado até agora, a PF pede que Lula seja intimado para prestar declarações.

Além de Lula, a PF pede a oitiva de Ideli Salvatti, ex-ministra da Secretaria de Relações Institucionais, o ex-ministro Gilberto Carvalho e o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (Governo Lula).

O Instituto Lula informou que desconhece o documento da Polícia Federal.