Do Mais Goiás

Polícia Federal deflagra operação contra empresa clandestina de segurança que atuava em Aparecida de Goiânia

A ação teve apoio das policias Civil e Militar. Ex-vigilantes penitenciários e ex-guardas municipais fazem parte da empresa

A Polícia Federal, em conjunto com a Polícia Civil, a Corregedoria da Polícia Militar, Bope e Graer, deflagrou nessa sexta-feira (5) operação para combater a prestação de serviço de segurança privada clandestina, envolvendo ex-vigilantes penitenciários e ex-guardas municipais.

O grupo, que era chefiado por um subtenente da Polícia Militar de Goiás, estaria fazendo a segurança armada de uma área situada no setor Virgínia Park, em Aparecida de Goiânia. De acordo com a Polícia Federal, o objetivo da operação é o imediato encerramento da atividade ilegal de segurança privada, a autuação em flagrante delito por porte ilegal de arma e eventuais outros crimes, além da identificação de demais envolvidos no exercício dessas atividades irregulares.

A operação contou com a participação de 16 policiais federais, 32 policiais militares e 17 policiais civis. Durante as diligências, 10 armas foram apreendidas e nove seguranças foram conduzidos à delegacia de polícia civil.