Salão de Ouro

Polícia Federal cumpre sete mandados judiciais em Goiânia e Barra do Garças

Operação Salão de Ouro tem como objetivo desarticular uma quadrilha que atua na exploração e remessa ilegal de minérios e pedras preciosas para o exterior


Juliana França
Do Mais Goiás | Em: 19/12/2017 às 15:27:37

Quadrilha explorava ilegalmente minérios e pedras preciosas em Barra do Garça (MT) e em Goiânia. (Foto: Polícia Federal)
Quadrilha explorava ilegalmente minérios e pedras preciosas em Barra do Garça (MT) e em Goiânia. (Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal (PF), deflagrou na manhã desta terça-feira (19) a Operação Salão de Ouro, nas cidades de Goiânia e Barra do Garças (MT). Durante a operação, as equipes policiais cumprem 7 mandados judicias expedidos pela Justiça Federal de Barra do Garças, sendo quatro de busca e apreensão e três de condução coercitiva.

O objetivo da operação é desarticular uma quadrilha que atua na exploração e remessa ilegal de minérios e pedras preciosas para o exterior. Segundo informações da PF, os investigados utilizavam um salão de beleza em Goiânia para encobrir as transações ilegais.

De acordo com a PF, a quadrilha simulou e apresentou à instituições financeiras movimentações que ultrapassam 6 toneladas de ouro e mais de R$ 400 milhões. Os envolvidos podem responder por usurpação de bens da união, de lavagem de dinheiro e por crime contra o sistema financeiro nacional.