Polícia descobre grupo que adulterava quilometragem de veículos para venda

Policiais de Goiás e do Paraná cumpriram, ao todo, 48 mandados de prisão e de busca e apreensão nesta segunda-feira

As polícias de Goiás e do Paraná desarticularam, nesta segunda-feira (9), uma organização criminosa suspeita de modificar a quilometragem de veículos que eram posteriormente colocados à venda. A fraude era feita por meio de adulteração de um aparelho chamado hodômetro, que existe em todo carro e tem a função de medir a rodagem do veículo desde que ele sai da fábrica.

A operação, deflagrada no período da manhã, resultou no cumprimento de 48 mandados judiciais expedidos pela Justiça do Paraná. Os policiais de Goiás e do Paraná realizaram 20 prisões cautelares – das quais 13 são preventivas e sete temporárias – além de 28 mandados de busca e apreensão. Todos os mandados foram cumpridos em Curitiba e em Goiânia. O trabalho de investigação foi conjunto. Constatou-se que revendedores de imóveis de vários estados utilizavam-se do serviço.

As polícias apreenderam computadores, telefones e aparelhos que suspeita-se que sejam utilizados para praticar as fraudes, chamados “dash tool”. O uso do “dash tool” é lícito, desde que não seja para alterar o hodômetro dos veículos.

A investigação aponta que os dois investigados de Goiânia forneceriam o material utilizado para a prática da fraude/adulteração. Eles teriam fornecido os softwares para adulteração de hodômetros a proprietários de lojas de revenda de veículos – seminovos e particulares – e proprietários de oficinas mecânicas responsáveis por executar as adulterações. Os investigados ainda davam suporte online, quando o comprador do Paraná precisava. Os alvos são investigados pelos crimes de estelionato, crime contra o consumidor, associação criminosa e adulteração de sinal identificador de veículo.

No cumprimento do mandado em Goiânia, na casa de um dos alvos, foi apreendida também uma arma, razão pela qual o homem foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo.

Policiais cumprem mandado de busca em Goiânia (Foto: Polícia Civil)

Policiais cumprem mandado de busca em Goiânia (Foto: Polícia Civil)